Grama natural para campo de futebol

Grama natural para campo de futebol

Para você que está procurando por informações sobre qual a Grama natural para campo de futebol mais ideal, conheça mais abaixo.

Informações sobre Grama Natural para Campo de Futebol

Não é novidade para ninguém que o futebol é o esporte mais popular e também o mais praticado no Brasil. No entanto, para que ocorra um jogo de qualidade não é suficiente ter apenas dois times competitivos em campo. O gramado é um dos fatores mais importantes para garantir que a bola role e garanta um belo espetáculo.

Para a finalidade esportiva, normalmente, os tipos de grama mais utilizados são as Bermudas (Cynodon dactylon) e a Esmeralda (Zoysia japonica). A grama natural Bermudas são as mais indicadas para a formação de um campo de futebol de qualidade.

Grama natural Bermuda

Essa espécie de gramado conta com folhas estreitas, um desenvolvimento acelerada e uma tonalidade verde intensa, especialmente, quando adubada. É apropriada também para a construção de campos de futebol, de polo, de golfe, de tênis de grama e também para o beisebol. Os principais benefícios desse tipo de gramado são a grande resistência ao pisoteio e a excelente capacidade de recuperação em eventuais prejuízos significativos. Além disso, esse tipo de grama natural não deve ser usada para a formação de gramados em áreas residenciais, por causa da necessidade de poda constante e também em função da obrigatoriedade da presença de luz frequente, não resistindo ao sombreamento.

Grama natural Esmeralda

A grama natural Esmeralda também pode ser uma boa opção para a construção de gramados para a pratica do futebol. Mas, é preciso levar em consideração que a grama Esmeralda durante os meses de outono e inverno sofre com uma redução considerável no seu crescimento, caindo consideravelmente o seu poder de recuperação, o que significa que para um gramado de futebol, com intensa atividade, isso pode comprometer bastante a qualidade do campo.

Condições para desenvolvimento satisfatório do gramado

Os fatores climáticos do local também podem pesar para a escolha da variedade de grama a ser selecionada. Já os elementos regionais contam muito, como, por exemplo: se a área tem pouca ou muita presença de luz, se há salinidade, o tipo de solo e ainda a topografia do local, se é favorável ou não a poda da grama.

Quando se decide fazer um campo de futebol em uma propriedade rural, o desenvolvimento acelerada da grama natural Bermuda acaba se transformando em um problema, já que demanda a efetuação de cortes a cada 3 dias para deixar o tamanho do gramado apropriado. E com a ausência de poda no tempo certo, as folhas mais antigas crescem e acabam fazendo sombra para as mais jovens, que terminam por secar, danificando a grama tanto no que se refere ao visual quanto a sua resistência com relação ao pisoteio.

Já para a elaboração de campos em chácaras, em fazendas ou em sítios, a grama natural mais apropriada é mesmo a Esmeralda, que é utilizada, por exemplo, no Estádio do Mineiro, na capital mineira, Belo Horizonte e que também foi cultivada no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Como se regenera de maneira ágil, essa grama não precisa de muita poda, sendo assim não faz com que seu proprietário tenha muito trabalho. Os cortes podem ser efetuados entre uma ou duas semanas.